Follow by Email

Translate

sábado, 1 de agosto de 2015

BANDEIRAS ELÉTRICAS: BANDEIRAS NO POVO!
Para a recente cobrança da bandeira vermelha por causa do uso de usinas termelétricas, o governo começou dizendo que o valor seria de R$ 3,50 por cada 100 kWh consumidos, mas como tudo no Brasil é feito de forma escamoteada e o povo não chia, logo em seguida ele aumentou o valor para R$ 5,50. E a mídia só falou e ainda fala que a conta vem acrescida somente de R$ 5,50 por cada 100 kWh consumidos e não diz nada além disso. Mas, a conta vem acrescida deste valor e mais impostos, que são da ordem de 30%. Isso nem o governo nem a mídia nunca fala! Já não bastasse a cobrança em si e ainda colocam mais impostos e na calada da noite, que a mídia ajuda a esconder. 
Mas, tem outra questão muito relevante e determinante. As usinas termelétricas têm uma participação da ordem de 27% na matriz elétrica brasileira, o que significa que elas só têm capacidade de fornecer um máximo de 27% da energia consumida e é muito duvidoso se fornecem isso tudo mesmo, pois normalmente operam em stand-by e não funcionam em capacidade máxima o tempo todo. Então, se na conta vem a cobrança da bandeira vermelha sobre o total consumido, isto significa que o governo está cobrando pelo total da energia fornecida ao consumidor, porém cerca de 70% dessa energia total vêm da energia hidrelétrica, que nao tem bandeira. Ou seja, estão cobrando pela energia que NÃO é fornecida pelas térmicas! E cobrar ou vender o que não se tem é estelionato.
Uma casa que tem um consumo de 150 kWh/mês só poderia pagar de bandeira vermelha o equivalente a 40 kWh, pois quase todo o resto vem da energia hidrelétrica. Se cobrassem dessa forma, além de fazerem o certo, também ficaríamos sabendo quanto estariam cobrando por cada fonte de energia. Mas estão cobrando pelo total, o que é um estelionato! Mesmo que faltasse toda a água nos reservatórios do país, as termoelétricas não poderiam fornecer mais energia do que a sua capacidade instalada e, assim, também não poderiam cobrar mais do que têm e é fornecido.