Follow by Email

Translate

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

O mundo sempre sonhou com o carro a água como alternativa aos combustíveis tradicionais e com esse objetivo ele é válido, mas como alternativa ou solução para as mudanças climáticas, não. Para as "ciências" que comandam o IPCC e o resto do mundo, o carro a água é recomendável, já que elas só enxergam o CO2 e desprezam completamente a influência do H2O no ar em relação às questões climáticas.
O que aconteceria com o clima de uma sala onde estivesse um carro funcionando o tempo todo e emitindo só água (e ainda quente)? Claro, a sala ficaria muito úmida e quente, insuportável. O que aconteceria com o clima de uma cidade ou região onde houvesse milhares ou milhões de carros emitindo só água (e ainda quente)? Claro, o ar da região ficaria semelhante ao da sala. Mais uma vez esta é uma questão através da qual vemos que essas "ciências" que têm comandado o mundo nas questões climáticas não conseguem entender questões básicas da atmosfera e conduzem o mundo para rumos errados.