Follow by Email

Translate

segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Olhem como é o mundo dos empíricos e ‘modelistas’ do “aquecimento global causado pelo CO2” e suas revistas. Foi publicado um artigo em que os autores tentam achar uma relação entre temperaturas e precipitação (chuva). Só que os resultados do ‘modelo’ não conferem com as medições reais de precipitação, ou seja, o modelo não funciona.
Ora, fazer modelos e previsões que não dão certo é muito fácil, assim como é muito fácil tais artigos serem publicados pelas suas revistas, que depois são usadas pelo IPCC e outros órgãos nacionais e internacionais para “preverem” o futuro e os destinos do mundo. E, sabidamente, tais modelos são muito incompletos e errôneos, até porque nenhum modelo conseguirá jamais levar em conta ou prever todas as causas, consequências, complexidades, interações, quantidades e variabilidades do clima planetário, ainda mais com as “teorias” dos empíricos. E todos esses artigos sempre relacionam tudo ao CO2, mesmo que fisicamente não haja uma relação importante, pois, como já demonstrei, o CO2 só participa com cerca de um por cento (!) na temperatura ambiente.        
Bem, a gente fala tanto no planeta e na vidinha aqui na Terra que por momentos parece que é só ele ou só nós que existimos no Universo, então, neste início de ano vou dar algumas informações que não têm a ver com o assunto principal deste blog, mas que servem para conhecimento e reflexão sobre vários aspectos desta vida terráquea.  
O nosso planeta orbita em torno do sol de nosso sistema solar e esse sistema está dentro da nossa galáxia chamada Via Láctea, a qual possui cerca de quatrocentos bilhões de estrelas. Uma volta da Terra em torno do Sol dura um ano e o nosso sistema solar inteiro orbita em torno do centro da Via Láctea. O nosso Sol está a cerca de 2/3 da distância entre o centro e a extremidade da galáxia. O nosso sistema solar se move a 800 mil km/h (!) e, assim, em 90 segundos, por exemplo, todos nós nos movemos 20.000 km na órbita em torno do centro da Via Láctea. Mesmo com essa absurda velocidade, o nosso sistema solar demora cerca de 200-250 milhões de anos para dar uma volta completa em torno do centro da nossa galáxia. E existem bilhões ou mais de galáxias no Universo. É pequeno esse mundão?