Follow by Email

Translate

domingo, 16 de janeiro de 2011

Esse empírismo do chamado aquecimento global só fala que o CO2 (gás carbônico) é a causa de um aquecimento global bem como de todos os problemas ambientais que acontecem no planeta. Mas, se o CO2 fosse causa de um aquecimento atmosférico global, este gás não teria permitido que o inverno do hemisfério norte de 2010-2011 fosse o mais rigoroso dos últimos 50 anos. Eles gostam de fazer “previsões” para 100 anos, mas não conseguem descrever e explicar o comportamento da atmosfera atual.
Da mesma forma, se tem chovido muito em diversas partes do planeta, como na Austrália, Ásia, Europa e nas violentas enchentes de janeiro/2011 no RJ, SP, MG, consideradas as maiores do Brasil desde sempre, é porque tem mais água em cima, mas o CO2 não adiciona uma só gota de água na atmosfera. Eu só falo no vapor d’água e este é realmente o principal gás de efeito estufa e é o vapor d’água que neste momento causa o maior efeito estufa da atmosfera, sendo responsável por cerca de 94% da temperatura ambiente média enquanto o CO2 é responsável por cerca de 4% desta temperatura. O século XX ficou mais úmido e em praticamente todos os lugares do planeta, de acordo com levantamentos feitos e publicados. É o NOVO CICLO HIDROLÓGICO que descobri e registrei que explica porque tem havido mais água em cima.